quarta-feira, julho 27, 2011

 

Destaque 2

Censos 2011 - concelho de Montalegre campeão da desertificação

O distrito de Vila Real perdeu cerca de 16.500 habitantes entre 2001 e 2011, segundo os resultados preliminares dos Censos 2011, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). A população residente no distrito de Vila Real é agora de 207 mil e 184 habitantes, dos quais 52,04% são mulheres. O distrito contraria a tendência nacional já que Portugal tem mais cerca de 200 mil residentes que em 2001. Segundo os dados preliminares, existem 81.286 famílias, com uma média de 2,5 pessoas por família, 139.934 alojamentos e 118.332 edifícios no distrito.
Já o concelho de Vila Real conta agora com 52.219 habitantes, mais 2.262 pessoas que em 2001. Foi o único a aumentar a sua população residente, já que os restantes 13 concelhos do distrito viram o seu número de habitantes decrescer.

Alto Tâmega perdeu 10.397 residentes. Montalegre campeão da desertificação.
Vila de Montalegre aumentou 1 habitante

No Alto Tâmega, o concelho de Valpaços foi o que mais residentes perdeu entre 2001 e 2011: conta com menos 2.636 habitantes do que há 10 anos. De seguida, Chaves perdeu 2.223 habitantes, Montalegre perdeu 2.168 habitantes e Vila Pouca de Aguiar perdeu 1.831 habitantes. Territórios menos extensos, Boticas perdeu 670 habitantes e Ribeira de Pena perdeu 869. O aumento ou diminuição da população dependem do saldo natural (relação entre nascimentos e óbitos) e do saldo migratório (relação entre imigração e emigração).
Já em termos percentuais, ou seja, relacionando a quebra de população com a dimensão dos municípios, os concelhos de Chaves e Ribeira de Pena foram os que menos perderam população (5%), logo seguidos de Boticas, que registou uma perda de 10,4%. O que mais perdeu residentes foi o concelho de Montalegre (17%). A vila de Montalegre ganhou uma única pessoa.

Desculpas esfarrapadas do Presidente da Câmara
Para Fernando Rodrigues, presidente da Câmara de Montalegre, estes números não surpreendem. “Era inevitável em função do que tem sido o desenvolvimento do país concentrado no litoral”, notou o único autarca socialista do Alto Tâmega. Com 10.594 pessoas a residir actualmente no concelho de Montalegre, “o Interior está em processo de sangria humana e as aldeias em morte social”, considerou Fernando Rodrigues, acrescentando que “tem de se fazer justiça no território e no país”, já que “não há uma distribuição equitativa do bolo do orçamento”.
Quanto às receitas dos autarcas para atrair população, Fernando Rodrigues afirma que “vamos continuar(?!) a trabalhar com empresários que tenham ideias para a região”, sugerindo ainda que uma forma de atrair mais gente para o Interior passaria por criar “uma estrutura acima dos municípios para defender os interesses da região e que fizesse uma promoção mais alargada de Trás-os-Montes”, apoiando agricultores e produtos locais.

Cidade de Chaves e vila de Boticas aumentaram população
Já João Batista, presidente da Câmara de Chaves, salienta que este concelho “perdeu menos que os municípios vizinhos” e ganhou mais 579 famílias (16.257) do que em 2001. “Chaves parece uma certa ilha” no mapa autárquico, considera. Contudo, “lamento que haja quebra e o mais preocupante é que a maior parte é abaixo dos 18 anos.
Na vila de Boticas, sede de concelho, a população aumentou 22%, ao contrário das 15 freguesias circundantes. “É um dado histórico, talvez único no país”, salientou o presidente da câmara botiquense, Fernando Campos, que associa este aumento à criação de emprego. “As políticas que temos vindo a implementar têm sido positivas. Conseguimos alguma empregabilidade na sede de concelho, como é o caso da fábrica das cordas (Euronet) que vai agora aumentar as instalações, e criámos condições para a instalação de algumas empresas, como é o caso da Hélder Gonçalves que foi agora absorvida por uma multinacional israelita”, explicou Fernando Campos, que ainda assim lamenta a perda de população no concelho menos povoado do Alto Tâmega, que conta agora com 5.747 habitantes, notando no entanto que “face à situação nacional, foi melhor que o esperado”.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Locations of visitors to this page Ponte Misarela