sábado, abril 18, 2009

 

Destaque 2

Até onde vai a Crueldade Humana sobre os Animais
No passado dia 6 de Abril "presenciamos" uma das cenas mais cruéis alguma vez praticadas sobre um animal, e que por isso agora denunciamos. Através de um amigo nosso fomos chamados ao Ecocentro da Resat, no termo de Codeçoso, mas conhecido por Ecocentro do Baldoso, para ver uma cadela que ali tinha sido abandonada depois de primeiro ter sido barbaramente violentada. De facto, alguém terá decidido divertir-se, de uma forma muito cruel, com aquele pobre bicho, por sinal prestes a ser mãe. Talvez fosse um dono insatisfeito ou apenas alguém que faz mal por prazer, o que é típico de muitos seres (des) humanos. Podia arranjar muitas formas de se "desfazer" da cadela mas optou por amarrá-la pelo pescoço ao seu carro ou carrinha e arrastá-la várias centenas de metros até ao referido ecocentro, deixando um rasto de sangue e terror ao longo da Estrado Nacional 308. Mas como a pobre sobreviveu, mesmo numa possa de sangue e com fracturas e vários ossos dos membros bem à vista e o resto do corpo cheio de queimaduras do "arrastão", decidiu amarrá-la a um poste da rede do Ecocentro e abandoná-la ali, num sofrimento agonizante à espera da morte. Terá aguentado perto de 24 horas e só padeceu depois de uma eutanásia de misericórdia. Assim, pede-se a alguém que reconheça este animal (cadela tipo pastora pequena, castanha clara/amarela – ver foto) para denunciar o dono ou para entrar em contacto com o jornal que nós o faremos. Quem faz isto a uma animal (sabe-se lá do que será capaz) deve ser punido.
O mesmo se passa para a quem andou no último mês a espalhar veneno por toda a Vila e arredores de Montalegre e que acabou por matar dezenas de animais, alguns deles, como filhos para os seus donos. Se alguém não está satisfeito com cães abandonados, ou até com o cão solto do vizinho, não deve ser esta a maneira de actuar. Além de ser proibida é cruel e perigosa até para as crianças, que podem apanhar um isco e morrer por engano. Sabemos que as autoridades municipais nesta área não trabalham como deve ser, mas devemos todos colaborar e actuar com responsabilidade. O mesmo se passa com as autoridades policiais a quem pedimos atenção para estas situações.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Locations of visitors to this page Ponte Misarela