sexta-feira, junho 22, 2007

 

Cultura e Lazer

Pitões das Júnias cenário de romance

O escritor Barrosão Abel Neves, dramaturgo, poeta e romancista já de renome nacional, acaba de publicar o seu último livro intitulado «Cornos da Fonte Fria», editado pela editora Sextante. Este romance centra a sua história na aldeia de Pitões das Júnias, que muito tem fascinado este escritor, nascido em Montalegre em 1956, que chega mesmo a considerar a sua "terra", pela qual considera ter um "respeito quase absoluto", e que já tinha inspirado outro romance do autor – "Asas para que vos quero".
Abel Neves "confessou" mesmo à agência lusa que sentia que em Pitões das Júnias tinha "céu e abrigo", e que gostava que os seus "passos não estejam distantes do andar dos rios, das pessoas, ou das asas da perdiz. Desde há muito que o diálogo era exclusivo". E Pitões já esteve presente em "Asas para que vos quero", sem que o seu nome, aí, se "revelasse".
O escritor quis em "Cornos da Fonte Fria" escrever um romance que o deixasse "tão disponível ao eventual leitor como a geografia onde a narrativa tem lugar". Assim, trata-se de um romance de "celebração" - da Serra do Gerês, "diante da aldeia" de Pitões das Júnias - e é "confissão e ficção".
Romancista e também poeta, Abel Neves é sobretudo conhecido pelos textos que escreve para o Teatro, área em que avulta como um dos mais destacados criadores portugueses da actualidade. A sua produção dramatúrgica inclui títulos como "Touro", "Anákis", "Medusa", "Inter-Rail", "Além as estrelas são a nossa casa" e "Supernova".
"Cornos da Fonte Fria" é o seu sexto romance, depois de "Corações piegas", "Asas para que vos quero", "Sentimental", "Centauros - imagens são enigmas" e "Precioso".
Escreveu ainda um livro de poemas – "Eis o amor a fome e a morte" - e o ensaio "Algures entre a resposta e a interrogação".
Adaptado de Agência Lusa

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Locations of visitors to this page Ponte Misarela