quinta-feira, maio 31, 2007

 

Destaque

Em Montalegre: Desavença entre vizinhos acaba de forma trágica
Montalegre ficou em estado de choque na tarde de ontem (30/05) com a notícia de mais uma morte violenta, desta vez mesmo na sede do concelho. Tudo terá acontecido ao início da tarde quando uma discussão entre dois vizinhos no bairro do Avelar, por causa de desavenças antigas, terá terminado com a morte de um deles e ferimentos graves numa mulher.
Ao que tudo indica, Adão Lopes, de 73 anos, reformado da guarda-fiscal, terá atirado à queima-roupa, através da rede que separa os dois quintais (foto), sobre o vizinho, Daniel Afonso, de 65 anos e ex-emigrante, que terá tido morte imediata. A mulher, Teresa, ouviu os tiros e terá ido em socorro do marido acabando por também ser alvejada com 2 tiros, uma na cabeça e outro no peito. Aquela hora familiares ia visitar o falecido e ainda terão ouvido dois tiros, entrando a correr na casa e encontrado Teresa ainda consciente mas a perder muito sangue. Terão saído rapidamente para alertar a GNR e os Bombeiros. Por acaso, um carro da GNR ia a passar naquela rua, numa patrulha normal, e terá logo encurralado e apanhado o suspeito que se teria fechado em sua casa.
A ambulância chegou depressa ao local do crime, onde se confirmou a morte de Daniel Afonso com um tiro no peito, socorrendo de imediato a sua esposa para o Centro de Saúde de Montalegre, onde foi estabilizada, sendo depois evacuada por um helicóptero do INEM para um hospital do Porto, não se sabendo o seu estado à hora do fecho da nossa edição.
Segundo alguns populares que ainda viram o corpo, o tamanho do buraco no peito do falecido sugere que possa ter sido feito por uma arma de grande calibre (7 ou 9 mm), a que o presumível homicida teria direito por ser ex-guarda fiscal (também já suspeito de outra tentativa de homicidio há alguns anos atrás).
Um dia depois de se ter comemorado o Dia Europeu do Vizinho é uma lástima que mais uma situação destas tenha ocorrido na nossa região, ainda por cima por causa de coisas pequenas como parece ter sido o caso. Segundo os familiares do falecido tudo isto se deveu a desavenças antigas por causa da construção de um galinheiro (onde o Sr. Daniel terá sido morto) "paredes-meias" com o suspeito, além de outros pormenores de limites de terreno. O caso está agora entregue às autoridades competentes.

Comments:
FUI RESIDENTE NA MESMA VILA QUE O SR. DANIEL EM FRANÇA. ESTOU NESTE MOMENTO E A VIVER NO CONCELHO DE AVEIRO, FOI COM SURPRESA E CHOQUE QUE POR ACASO SOUBE DE QUEM SE TRATAVA NA NOTÍCIA, PARA A FAMÍLIA OS MEUS SINCEROS PESAMOS.

PAULO DE JESUS
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Locations of visitors to this page Ponte Misarela